Notícias

Pesquisa quer mostrar o risco da associação entre genética e contraceptivo

A Suprema obteve aprovação de uma pesquisa acadêmica pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic) sobre a predisposição genética associada ao uso de anticoncepcionais hormonais. O estudo pretende mostrar que essa combinação pode provocar risco à saúde e também possíveis casos de trombose.


Professor de Genética e orientador do projeto, Fabrício Alves Oliveira destaca que muitas mulheres iniciam o uso de anticoncepcionais sem consultar um médico, ficando expostas aos riscos genéticos que podem ocorrer no organismo.


A equipe, composta pelo orientador e os acadêmicos Rodrigo Fonseca Vilela, Marcela Diniz de Paula Coelho e Karoline Ferreira Rafael, tem até o segundo semestre para finalizar o estudo e apresentar resultados da pesquisa. O interesse pelo tema surgiu com a percepção do orientador e dos acadêmicos sobre a frequência de eventos tromboembólicos manifestada entre as mulheres

0 visualização
logobase3.png