Notícias

Suprema faz parte da edição de 30 anos do Ibitipoca Off Road

A Suprema fez parte da Edição Histórica de 30 anos do Ibitipoca Off Road  2019. O evento foi realizado entre os dias 3 e 4 de agosto e contou com mais de 700 participantes entre pilotos e navegadores de motos e carros, competindo em 23 categorias.


A prova teve largada e chegada no campus da faculdade. Os representantes de 150 cidades do Brasil percorreram mais de 400 quilômetros de trilhas, durante dois dias, em Lima Duarte e no distrito de Conceição de Ibitipoca.


A trigésima edição do rali de regularidade mais charmoso do Brasil propôs duas novidades: as categorias Over 60, para pilotos acima dos 60 anos, e Brasil Iniciante, para motos de até 230 cilindradas. Nas duas rodas, o IOR contou pontos para o Campeonato Mineiro e para a Copa Estrada Real.


Trilhas exigentes, novas e outras já percorridas. O organizador do evento, Manoel Resende, conta que “a meta era fazer um percurso desafiador, uma seleção das melhores trilhas dos últimos anos”. Ele faz questão de ressaltar que são 30 anos de dedicação e responsabilidade com piloto, prova, questões ambientais e sociais. “Fomos coroados da melhor maneira possível: recorde de participação, chuva - que para o piloto é excelente. É um conjunto de emoções, o IOR hoje é a melhor prova do Brasil em número de pilotos”, destaca Manoel.


Entre as motos o piloto Tunico Maciel, de Lavras, levou o troféu de primeiro lugar na categoria Master. Atual campeão do Rally do Sertões, ele completou a dobradinha na Edição Histórica do IOR. No embate dos carros, a dupla juiz-forana Pedro Agrelle e Matheus Mazzei mais uma vez subiu no pódio na categoria Master. A parceria rendeu ao piloto o bi consecutivo da prova.

Promovendo Saúde

Há seis anos a Suprema está presente no enduro. Como parte da programação da Edição Histórica, professores e acadêmicos estiveram na praça da cidade de Lima Duarte, no mês de junho, promovendo Ação Social. Os moradores da região receberam orientações em saúde, além de exames de glicemia e aferição de pressão arterial. A mesma atividade foi realizada no último dia do rali, no pátio da instituição.


A parceria também rendeu a campanha “JF Sangue Bom”, com o intuito de estimular o maior número de doadores de sangue e de cadastro de possíveis doadores de medula óssea. Mais de 100 pessoas, de Juiz de Fora e região, se mobilizaram e compareceram ao Hemominas.


O Diretor Financeiro da Suprema, Ângelo Marciano, que também é piloto de carro, sente-se honrado em participar da história do enduro há 15 anos e de ter a Suprema como uma das principais parceiras do evento. “O Off Road é um dos maiores eventos anuais de Juiz de Fora e nossa participação vem crescendo, levamos informações em saúde, ajudamos na prevenção. Aliar saúde ao IOR é muito importante”, conclui.

Bosque IOR

O Parque da Lajinha conta agora com o Bosque Ibitipoca Off Road. Para marcar o início do projeto foi realizado o plantio de mais de 60 espécies nativas da Mata Atlântica. As mudas receberam o nome dos campeões das 30 edições do enduro de regularidade, das principais categorias de motos e carros. Ângelo Marciano teve seu nome em uma das árvores plantadas, como forma de homenagem pela representatividade no rali.

logobase3.png